Skip to main content

Lanceiro

É um animal de raça Lusitana, a mais conhecida raça portuguesa de cavalos.

O Lanceiro é um cavalo de pelagem ruça, nascido a 11 de maio de 1992. Em 2009, chegou à Quinta, vindo das cavalariças da Polícia Florestal, em Monsanto. 

O cavalo da raça Lusitana é um animal versátil, dócil, ágil e corajoso, com aptidão para quase todas as modalidades do desporto equestre, uma das razões que desperta o grande interesse por esta raça. 

Foram estas as características que levaram a que o Lanceiro patrulhasse, como parte da equipa da Polícia Florestal, durante anos, os maiores parques de Lisboa, zelando pela segurança destes espaços. Mas foi, também, este trabalho que lhe originou uma doença crónica nos cascos, denominada laminite, que condicionou a sua continuidade nesta “profissão” e acabou por originar a sua vinda para a Quinta.  

Como se pode ver pela sua data de nascimento, é um animal sénior, ou seja, tem já uma idade muito avançada, pelo que requer muito descanso e merece o nosso maior respeito, admiração e bons tratos. 

O Lanceiro é um dos símbolos da Quinta e são inesquecíveis os momentos em que deita a língua de fora repetidamente e levanta, ao mesmo tempo, o lábio superior, provocando grandes gargalhadas, principalmente aos mais pequenos.