Skip to main content

Dia da Espiga

A tradição manda e nós cumprimos. Apanhámos a espiga e fizemos os ramos com dezenas de crianças na Quinta.

O “Dia da Espiga”, como é popularmente conhecida a quinta-feira de Ascensão, assinalou-se a dia 26 de maio. Recriando a tradição, como fazemos, habitualmente, todos os anos, fomos ao campo compor os ramos, feitos de espigas de trigo, ramos de oliveira, malmequeres e papoilas, cada um com o seu significado:

- a espiga representa o pão,

- a oliveira a paz,

- o malmequer, prata e ouro

- a papoila amor e vida.

Segundo a tradição, guardar em casa o ramo da espiga, até ao Dia da Espiga do ano seguinte, garante boas colheitas - abundância de alimento, paz, prosperidade e amor.

Entusiasmados e curiosos, cada grupo recolheu os diferentes elementos e, passo a passo, foram construindo os ramos que levaram para as escolas. E no fim, claro, o pão para acalmar a fome, neste dia mais agitado!